terça-feira, 30 de dezembro de 2008

My dream...

Só uma pequena correcção meu caro, não querendo desprezar todos os votos por si prestados à nossa mui querida Sara, mas aqui vai o vídeo original ;)




My dream is to fainde, a Madeleine alaibe. Ehhhhhh!
Madeleine... where are you know???
I go to Praia da Luz but I can't find you! Ehhhhhh!!!

Palavra do Senhor

Disse então o Senhor a Moisés:
“Por que você está clamando por mim? Diga aos israelitas que sigam avante. Erga a sua vara e estenda a mão sobre o mar, e as águas se dividirão para que os israelitas atravessem o mar em terra seca. Eu, porém, endurecerei o coração dos egípcios e eles os perseguirão. E serei glorificado com a derrota do faraó e de todo o seu exército, com seus carros de guerra e seus cavaleiros.

Moisés ergue a vara e estende a mão sobre o mar, mas, um egípcio infiltrado no meio dos israelitas coloca-se na frente de Moisés e grita bem alto: "NÃAAAAAAOOOOOOOOOOOOOOO!!!"
E todo o poder cedido pelo Senhor a Moisés teve efeito no egípcio, que ficou assim:












Palavra do Senhor, ÁMEN!

Amar é amar, é ir e voltar

Quem nunca amou, quem nunca foi amado, jamais poderá compreender estas palavras.
Agora percebo os homossexuais e as lésbicas, percebo os padres e as freiras (os acólitos e as velhotas que vão à igreja nem tanto), percebo o Carlos Cruz e o Bibi, percebo toda essa cambada que toma as decisões mais estranhas na sua vida, fazem-no de forma a evitar o sofrimento do amor.
Amar dói.

Um amor não correspondido, é o mesmo que comer e ser comido.
Contam-se pelos dedos das mãos, jamais chegarão os dedos dos pés, para contabilizar os anos que incansavelmente se consegue amar uma pessoa. Temo que seja para toda a vida, temo que a minha vida não seja suficiente para ela me amar, que o coração se desgaste de tanto sofrer e que o candeeiro do amor deixe de iluminar por a lâmpada da paixão se "funder".
Luto cada dia, cada noite, cada minuto, cada segundo, por este palpitar acelerado do meu coração, tentando ser uma pessoa melhor, tentando que percebas que hoje sou uma melhor pessoa e para ti serei o melhor. Não é fácil, nada é fácil nesta vida e se eu não fosse tão lutador, provavelmente teria optado pela Eucaristia ou então por mijar sentado e ler a revista Maria.

Como podemos considerar que alguém é a pessoa da nossa vida?
Dou-me ao luxo de dizer que conheço imensa gente, que tenho as melhores amigas, mas nunca ninguém foi tão perfeito para mim, nunca ninguém me completou de tal forma como tu, mesmo sendo eu mais completo que o parque do NorteShopping nas tardes de Domingo.
Os teus caracóis, para mim são ondas do mar, que por vezes me deixam à deriva e outras prendem-me como anzóis. Os teus olhos castanhos jamais me serão estranhos e o seu brilho sempre ofuscará o sol. A tua pele morena leva-me numa montanha russa de sentimentos mas ao mesmo tempo tranquiliza-me a alma, deixando-a serena. A estrela no teu braço faz-me querer adormecer no teu calor, no teu regaço e o teu corpo de deusa aliado ao teu poder de sedução, provocam em mim uma guerra de amores, deixando indefeso, o pobre do meu coração.
Para mim és uma droga e de ti eu sou dependente. Espeta-me incessavelmente a tua seringa de sedução, infecta-me com o teu vírus da paixão e mata-me, mata-me, imploro, provoca-me uma overdose de carinho, deixa-me de rastos e depois cura-me com o teu soro do amor.
Nunca conheci ninguém como tu, que desde o primeiro dia, me levasse a passear pelas nuvens sabendo que um dia estaríamos na lua e, o facto de estar assim, talvez tenha sido por me teres atirado de cabeça dessas tão doces e inseguras nuvens, sempre tendo alguém de braços bem abertos, desejosa por não me deixar cair, mas sempre preferi cair no solo, batendo forte com a cabeça de forma a aprender com os meus erros.
Na verdade aprendi e assim me desenvolvi.

Talvez não sejas o melhor para mim, ou até mesmo nunca encontrarei alguém que me deixe sem ar, ao mesmo tempo que me prende as asas e não me deixe voar, mas estarei certo que a felicidade irei encontrar, nem que para isso tenha que deixar de te amar.
Nunca à tua frente, jamais atrás de ti, mas sim a teu lado, deixa-me viver, deixa-me rir, deixa-me sonhar, deixa-me amar, deixa-me ser alguém e fazer com que também o possas ser, mas simplesmente, deixa-me!
Depois de todos os momentos que passamos ou que não estivemos juntos, as nossas piadas, os risos, os presentes sem valor material mas que a nível sentimental eram dignos de permanecerem na caixa forte do amor, as noites que enchiam de sol os nossos corações, as m*rdas por que passamos dão-me forças para dizer o seguinte:
AMO-TE VIDA!!!

Props

A todos os meus fiéis seguidores, a todos os meus apoiantes, a todas as pessoas que se dão ao trabalho de ler, de comentar e de soltar umas boas gargalhadas, nem que seja só o esboçar de um leve sorriso, nem que muitas das vezes seja tímido (eu compreendo), um muito obrigado pelo vosso apoio, pelos vossos incentivos e pelos vossos gestos de apreço pela minha escrita.
Um dia eu vou ser grande, vou lançar um livro como quem lança um cd, aliás, o meu primeiro livro irei pendurá-lo no retrovisor do meu carro ou até mesmo encher o quintal de páginas reflectoras de sentimentos de forma a espantar os fdp dos pássaros que me comem as couves todas!!! Afinal de contas um livro é um cd, apenas não dá para ouvir nem para inserir no leitor do automóvel.
Uma enorme vénia a todos vós, pois mesmo sem voz, continuarei a escrever!!!

Votos de umas boas entradas!!!

sábado, 27 de dezembro de 2008

Maddie's song

Já estarão a pensar que vou dedicar algum do meu precioso tempo a falar da Madeleine. Eu não sou idiota. Sou parvo. E se os pais fizeram o que fizeram para não lhe dedicar tempo, eu é que não o iria fazer.
Este post deve-se então a quê?
Yves LaRock tem uma música ("Rise Up") muito bonita, ou talvez não, cuja letra não faz sentido nenhum, porque ele canta o seguinte:
"My dream is to fly over the rainbow so high".
Que traduzido para a nossa tão bela língua é qualquer coisa como:
O meu sonho é voar além do arco-íris tão alto.

Primeiro, o Yves não é o Superhomem, por isso não voa.
Segundo, o arco-íris é inalcansável. Dahhh
Terceiro e último, o arco-íris é coisa de gays.

No entanto, esta música cantada de outra maneira pode ter mais sentido. A nossa caríssima e sorridente amiga Sara Lopes, a quem desde já agradeço, deu muita mais piada a esta música. Em vez de "My dream is to fly over the rainbow so high", cantem "My dream is to find oh Madeleine alive".

Ora tentem lá:

video

Fica ou não fica muito melhor??
A Sara é ou não é grande? Façam-lhe lá uma vénia...
Agora não andem para ai a cantar isso, não vá a miuda aparecer mesmo. E viva. Livrem-se. É que ia ser uma chatice. Os telejornais portugueses a reavivar a história toda, as reportagens... f*da-se...!!




Porque nunca é demais:
Sarinha mil obrigados pelo momento proporcionado. Mas só por este. Os outros ainda me cortam a alma...

quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Grande Reportagem: "Meu Querido Santo António"

Caros leitores:

Já pararam para pensar no Santo António? Pensar na sua figura?
Reparem bem!!





Após alguns minutos, 3 shots de tequilla, 2 favaios e uma vidago (ganho por fazer publicidade), descobri o que ninguém quis ver. O que faz um homem estar sempre em pé, de batinha (por sinal fora de moda), um corte à Santo António (o corte original é dele), com um livro, uma criança ao colo que lhe faz miminhos, num jardim verdejante...? Ou é parvo ou é pedófilo. Ora, como não faz parte desta maravilhastica equipe, só pode ser pedófilo.
Há tantos anos que este senhor, de seu nome Fernando, pousado nos mais diversos sítios das nossas casas (no meu caso,a servir de calço à mesa de jantar) faz troça de nós. Por trás daquela imagem a quem pedimos ajuda, está um pedófilo. Os Casapianos deviam visualizar muito bem aquela imagem e pensar se não o terão visto, numa daquelas festarolas organizadas pelo nosso amigo e relações públicas BIBI.
O livro que tem ao colo demonstra ser alguém ligado ao ensino. A criança... bem nem vamos falar. E mais importante ainda, onde é que se festeja o dia de Santo António? Até realizam uma marcha (como é que é possível alguém perder tempo com aquilo... marchas populares... f*da-se). Em Lisboa!


As contas são muitos fáceis de fazer:
Ensino + criança + Lisboa = Casa Pia

Pensem nisso.
Nunca ninguém ousou desconfiar, ou confrontar os factos. É um santo. Mas, destemidos e parvos que somos, não nos deixamos intimidar por um santinho, ainda por cima mouro. É que, o ser pedófilo até é desculpavél, agora mouro...!!!


Mas o que é isto News


Reportagem: Adalberto Parvo
Texto: Adalberto Parvo
Montagem: (devia ter envolvido uma rapariga de leste nesta história, só para a montar)

quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

No comment


Natal nos hospitais

Chegou o Natal, ou está a chegar, se calhar com a crise nem vai chegar, porém, é tempo (quando digo tempo, refiro-me ao tempo tempo e não ao tempo na verdadeira identidade da palavra) do Natal nos Hospitais, ou seja, Natal para os coitadinhos.
Uma grande produção (apenas em tamanho) que é realizada pela RTP directamente de Alcoitão (terra das famosas alcagoitas) e do Porto.
Para os que não sabem e até mesmo para os que sabem, o Natal dos Hospitais consiste em pegar nos utentes com as mais diversas incapacidades/doenças (pacientes não, porque com as filas de espera mesmo eu perderia a paciência) e colocá-los numa sala fechados, obrigando-os a assistir durante dez horas consecutivas, do mais puro e cruel massacre que consiste num barulho ensurdecedor proporcionado pelos mais belos artistas da música tradicional portuguesa, vulgar PIMBA!
Artistas como Marco Paulo e as suas plásticas, José Cid a imitar Ray Charles com os seus óculos escuros (deve usá-los para não ver as figuras que está a fazer), Romana que só é boa na cama, Rita Guerra que não tem os pés assentes na terra, Emanuel a quem eu limparia o rabo se me acabasse o papel, Mickael e o seu encantador pai Tony que deveriam apanhar a carreira para bem longe de Portugal, passando por Avô Cantigas que é mais um "panisgas" que gosta de criancinhas sem nunca esquecer o inconfundível Padre Borga, que deveria estar a levar com o crucifixo nas costas em vez de espantar, com as suas cantigas, os espíritos que estão na "morga", não fazem uso da sua vocação que é estar em casa sossegaditos (e mesmo assim estorvam) e soltam umas notas que "diz que é musica" de forma a entreter (ou tentar) as pessoas com necessidades especiais.
Sei porque escolhem este público (maioritariamente com paralisia cerebral), porque são os únicos que não conseguem expressar o seu descontentamento, a sua angústia, pessoas que não têm poder de escolha/decisão e mesmo se quisessem atirar ovos ou tomates podres, nunca conseguiriam acertar no alvo a abater.
Após cinco minutos perdidos da minha vida a ver isto, fiquei doente e julgo já ter os requisitos para poder assistir ao Natal nos Hospitais de borla, mas continuo sem conseguir esclarecer uma dúvida, que julgo ser essencial para compreender o intuito deste belo programa português - Os artistas são os que estão na cadeira de rodas e os doentes de paralisia cerebral são os que estão em cima do palco a cantar em playback não são? Digam-me que sim...
E ainda têm a coragem de chamar a esta pouca vergonha de SOLIDARIEDADE!
Pai Natal, se leres o meu blog, por favor, põe-me TVCABO!!! E se é para ver mais disto... esquece o plasma que te pedi!!!

domingo, 14 de dezembro de 2008

Descida do gasoil

Hoje, pela primeira vez desde Fevereiro de 2007, consegui botar mai gasoil que eurios. Vou aproveitar a descida do gasoil e em vez de festejar a pé ou de camionete, vou poder festejar de carro a reeleição do Paulo Portas no CDS.
Paulito foi reeleito com 95% dos votos a favor.
Paulo, se me estás a ler, os meus sinceros parabéns. Também te digo, se não eras reeleito, em vez de festejar, ia acender uma velita por ti a Fátima. Apenas 30% dos eleitores votaram (os restantes 70% ou não sabiam que havia eleições ou então marcaram o ponto e foram beber umas cucas para o bar do partido) e há que também te dar mérito por teres vencido, mesmo sendo tu o único candidato.

Com o dinheiro que poderás poupar com a descida do gasoil, certamente que dará para pagar um corte de cabelo decente no San Jam.

Eclésia

Em seguida partiu os pães e o peixe e ia dando aos seus discípulos para os dividirem pela multidão.
Todos comeram até ficaram satisfeitos e ainda recolheram 6 cestos com pedaços de pão e de peixe.
Palavra do Senhor. Amén.

São 9h10 de Domingo e quando já começava a fechar o olho, eis que o Sr. abade profere estas palavras sábias descritas no Antigo Testamento Versículo XIV segundo S. Lucas, atirando-me de imediato abaixo do sofá, fazendo com que eu batesse com a cabeça na esquina da mesa, partindo a mesa em 6 pedaços. Peguei nos pedaços e distribuí pela multidão... e todos ficaram satisfeitos.
Pensava que já tinha experimentado todo o tipo de estupefacientes até ver e sentir a moca que me dá ver este programa. Se nunca viram, experimentem colocar 150 velhas numa sala cheia de homens pregados na cruz a cantar "Deus me ajude" enquanto que um velhote mascarado de cortinado Luis XIV com uma coquilha feminina cor-de-rosa na cabeça a tapar a careca em forma de lua cheia estava com alta bebedeira porque diz que estava a beber o sangue de Cristo mas eu vi muito bem o garrafão de maduro tinto debaixo da mesa.
Agora estão a passar o cesto para o pessoal por as moedas para pagar aos arrumadores que devem estar a porta a espera de comprar a dose ou será para comprarem o corpo de Cristo?!

Bem, vou ao MarShopping a pé. É promessa!!!

Campanha de Natal Vodafone

A Vodafone este Natal, superou as expectativas de tudo e de todos, arrasando por completo os mais directos concorrentes, que acredito que depois desta campanha, vão deixar de existir concorrentes e mais de 10 milhões de portugueses, dos quais 12 milhões são benfiquistas, vão passar a ser clientes Vodafone.
Estava a efectuar uma pesquisa sobre o mercado de telemóveis e eis que me deparo, com esta campanha bombástica no website da Vodafone.




Na compra do telemóvel, a Vodafone oferece o envelope de embrulho. Simplesmente LOUCOOOO!!!!
Na minha opinião vão ter prejuízo, mas eles é que sabem...

quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

Pontuação


Pensei escrever um post vírgula sobre a cadeia alimentar no Zimbabwe vírgula ou mesmo vírgula sobre os casamentos gays na Gronelândia vírgula mas não haverá muito para falar ponto final

Porque não falar sobre a pontuação ponto de interrogação

Por exemplo dois pontos
Quando usar a vírgula ponto de interrogação
Para quê o ponto e vírgula ponto de interrogação
reticências

São tantas as dúvidas virgulas incertezas que por aí andam ponto final

Para vocês duas palavras dois pontos
Saramago Style


Inde com Deus ponto final

terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Copy Paste #6 (Continuação)

Isto é que foi...
Não é que a pukunina Megan Fox, depois de ver o post que lhe dediquei, me ligou.

Imaginam no que deu???

Ela cantava:
James Brown - Sex Machine
KC & The Sunshine Band - That's The Way I Like It
Lionel Richie - All Night Long
Mariah Carey - All I Want For Christmas Is You

Eu cantei:
Aviões Do Forró - Quem é o Gostosão Daqui
Excesso - Eu Sou Aquele
Iran Costa - O Bicho
Bruno e Marrone - Quer Casar Comigo

No final cantavamos:
Vengaboys - We Like To Party


Já à venda, a compilação deste fim-de-semana...
As primeiras 10 pessoas a enviar um mail, recebem uma k7 e uma ou duas fotos dessas noite...

sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

Copy Paste #6



"Apetece-me sempre fazer sexo"
by Megan Fox




(ó pukunina... e não é que a mim também... Acho que nos iamos dar muuuuuuuuuuuuuito bem!!!)

domingo, 23 de novembro de 2008

HELP SANTA CLAUS...

Aproxima-se o Natal.
Vemos na cara das pessoas a felicidades. Esta época festiva deixa toda a gente deslumbrante.

Toda a gente, menos o Pai Natal.
Este gordo, carregado de castrol, que já cá anda à uma carrada de anos, é o senhor que dá prendinhas às crianças no Natal.
Alguém já ouviu falar da infância dele? Eu não. Pelo que sei já nasceu gordo, de barbas grandes e brancas e velhote (espero que não tenha sido parto normal...).
(avançando...)
Ora, não faz nada da vida senão distribuir prendinhas pelas crianças. Bem, também lê as cartas dessas crianças, avalia-lhes o comportamento durante o ano e conclui se merecem os presentes que pedem ou não. Isto por um lado pode parecer fácil, mas não é. É que depois deste trabalho de casa, tem de distribuir as prendas pelos tótós bem comportados. Mas, não chegando o facto de o terem criado gordo, barbudo... puseram o homem a entregar prendas de uma maneira muito fofa. Tem de descer as chaminés com o saco de presentes nas costas. E volta a sair pelo mesmo sítio. Passando a noite de 24 de Dezembro nesta palhaçada. Isto pelo mundo todo... Ele é bom!!!
Agradecem como?? Bolachinhas e copinhos de leite... Yupi yupi

Como se tudo isto não fosse suficiente, o Pai Natal está a passar uma fase muito difícil.
O guito não dura para sempre, os combustíveis estão caros (não acredito na treta das renas voadoras) e com a crise mundial, não está a ser fácil arranjar patrocinios para o combustíveis e prendas para mais uma digressão.
Além de mais, as crianças já se deixaram de pedir aquelas prendas, que me divertiam na infância, como o pião e a bola de trapos... Agora pedem playstations, leitores mp3, telemóveis, computadores...

Mas isto até nem é o pior.
Os nomes Popota e Leopoldina dizem alguma coisa?



Estas duas bestas estão a matar o Pai Natal. E preparam-se para controlar o mundo. A mente das crianças foi o primeiro passo.
Já comuniquei o sucedido ao DIAP, Procuradoria-Geral, PJ, INEM, Santa Casa da Misericórdia... E ninguém faz nada.
Por isso, venho pedir a todos que me ajudem a salvar o Pai Natal.
O objectivo é invadir todos os "Modelo" e "Continente" e aniquilar esses dois bichos, assim como destruir todos os produtos a eles associados.




É PELO PAI NATAL...

E PELA BANDA...


A letra "S"

Já pararam para pensar na importânsia da letra "S"?
Não??
Pois eu já.
E digo, que é a letra mais importante do abessedário.

Pesso que pensem nisso...

Caso BPN

Dias Loureiro diz à SIC que se dirigiu em 2001 por volta das 16h ao Banco de Portugal dizendo que o modelo de gestão do BPN merecia atenção.
António Marta desmente dizendo que isso não aconteceu, embora Dias Loureiro insiste que está a dizer a verdade.
Através de factos, posso dizer que Dias Loureiro está a mentir porque os bancos fecham as 15h e ele dirigiu-se ao Banco de Portugal às 16h!

Não percebo o porquê de tanta polémica à volta de "quem diz a verdade" se eu em 2 min a solucionei. Ou então mandem os 2 ao programa da Tete Guilherme!!

sábado, 15 de novembro de 2008

Piropos Obrais, Take 2:

Companheiros Parvos de Todo o Mundo:

A pedido do nosso mui estimado amigo Parvo Adalberto, decidi actualizar de uma forma regular e persistente os piropos...de tal forma que esta, quando justificável, apresentara certas semelhanças com as novelas mexicanas.

Desta feita, passo a publicar pequenos episódios, caseirinhos evidentemente, nos quais os nossos tão conhecidos piropos se elevam na graça de uma gargalhada bem dada. Acreditem que sou um expert em novelas mexicanas, devido ao facto de ser co-realizador numa!

Estava o trolha Tony tranquilamente relaxado, bafejando a sua ultima pica de coronas entre uma cristal morna, quando os seus olhos se arregalaram numa bela donzela. Esta, desfilava pela rua abanando o seu tutu, assim com 20 aninhos e vestidinha com a fardinha do colégio. De imediato o nosso amigo Tony, larga a maquina do cimento e profere..."Oh Boa...tantas curvas e eu sem travões..." ao qual a nossa colegial respondeu..."a serio??então é melhor ires á revisão!!"

Neste mesmo período, o jovem Emanuel passeava tranquilamente pelas ruas da sua aldeia, Amor, (para quem não sabe fica algures numa saída da A8 um pouquinho antes de Óbidos) quando uma moça roliça muita aparatosa, se cruza com ele no passeio... - Emanuel "Eu não acreditava em amor à primeira vista. Mas quando te vi mudei de ideias..." a moça parou...olhou para ele, com uma visão equiparável a um raio x...e disse "Que coincidência! Eu não acreditava em assombrações."

Esta é a história do Quim Zé, o piropeiro desempregado:

O Quim Zé, lá na aldeia, achava-se um engatatão de primeira. Um certo dia quente de verão está uma bela turista, com um ar muito lavadinho e exótico a passear pelas ruas da aldeia na qual o Quim Zé Reinava. O Quim Zé parou...olhou, e mantendo as suas mãos no coldre do cinto pensou para si mesmo...hoje vai haver uma bela bifa ao lanche...(sim ao lanche...porque como ele pegava no dia seguinte as 5 da matina, deitar cedinho e cedo erguer).
Assim, com um olhar fulminante, parou de mascar o seu tabaco e disse, " Pst, como eu queria ser o teu gelado"...ora o Quim a espera de uma resposta em inglês da Inglaterra, ouviu, " Além de ser fresco, queres ter o pau enfiado no rabo também?"
Bom, reza a lenda que Quim Zé o Engatatão, nunca mais proferiu um piropo em toda a sua vida aldeã.

Dentro em breve novos episódios serão publicados...por isso esteja atento a este magnifico blog. Considerado por muitos analistas de renome internacional, como um marco fundamental da nova era globalizante do século XXI.

Alea Jacta Est - Adolfinho o Parvo - Líder do Partido Revolucionário da Sociedade Civil Plebeia e Laboral Portuguesa.

sexta-feira, 14 de novembro de 2008

Ainda Olga Kurylenko

Recebi este comentário de alguém que se intitula de Anónimo.

"Talvez para quem fica sentado no seu sofá o dia todo, a Olga Kurylenko possa ser perfeita. Mas bastava-te sair do país para veres que as Portuguesas não ficam nada, mas nada atrás das outras!!!
Qt à Olga... Basta ver as 1as fotos dela
http://upload.moldova.org/movie/2008/feb/olga-kurylenko.jpg
para perceber as maravilhas dos implantes e do Photoshop!!!!
Abram os olhos para o q têm diante de vocês! E, por vezes, um corpo perfeito pode não ser tudo, mas para necessitados, pois bem, chegará!"

Respondo da seguinte forma:

Não sabendo quem seja vossa excelência irei tratar sua pessoa da mesma forma que me tratou a mim, por TU! Por isso julgo que me conheces.
Concordo plenamente contigo quando dizes que para quem passa o dia todo no sofá a Olga Kurylenko é perfeita e também defendo a tua opinião de que é preciso sair do país para saber que as portuguesas não ficam nada atrás. Mas precisaste de ir até muito longe para saber isso??? Para mim foi suficiente abrir os olhos à nascença para ver o quão bela é a minha mãe (nacionalidade portuguesa) e nem precisei de sair do país. E sim, já saí do país e sei o que posso encontrar lá fora... por alguma razão regresso sempre não? ;)
Quanto ao corpo perfeito, isso é um estereótipo criado pela mediocridade da nossa sociedade. Antigamente um corpo perfeito era um corpo "cheeinho", forte, bem constituido. Hoje em dia é o oposto. Para mim, um corpo perfeito é como a minha mulher se sentir melhor, se ela for feliz como é, eu também serei :)
Espero ter esclarecido todas as tuas dúvidas e julgamentos feitos à minha pessoa. Espero não vir a utilizar por acaso o teu nome numa das minhas histórias por mim inventadas, poderás ficar indignado/a e levar a mal. Não quero isso de forma alguma.
Termino com uma imagem que irá contribuir para o bom ambiente deste blog, que é assim que eu quero que se mantenha.



Cumprimentos e larguras,

Ass: Incógnito.

Meu querido Pai Natal

Meu querido Pai natal, em relação ao ano passado, este ano portei-me menos bem.
Não fiz os trabalhos de casa nem os trabalhos na escola. Dei umas reguadas à professora de português (foi de mini saia e eu não resisti).
Não tirei a louça lavada da máquina e mesmo assim continuava a meter a suja para não ter trabalho de a lavar. Não fui tantas vezes à missa como gostava, gostava de ir lá uma vez e não fui nenhuma.
Pintei uma passadeira de preto quando uma velhota ia a atravessar a rua e ela foi atropelada. Ela está bem e não se lembra de mim graças ao Alzheimer.
Roubei uma tenda aos escuteiros mas estou arrependido porque como não andei nos escuteiros não a sei armar (ou sei?).
Esvaziei os pneus da bicicleta do meu irmão mas como temos bicicletas iguais, confundi e esvaziei os da minha. Comi a sopa toda no refeitório e os meus colegas ficaram sem sopa e partiram-me o tabuleiro na cara... da Juliana que eu pus a frente para me defender (Oh também era gorda e feia, só lhe fiz um favor). No autocarro paguei só meio bilhete enquanto ia sentado nos lugares prioritários e no metro coleccionava andantes que encontrava nos bolsos das outras pessoas.
Por toda a minha sinceridade, por tudo isto que eu fiz e por tudo o resto que não dá para escrever, por favor, trazes-me umas cuecas brancas lavadas este ano?? Não precisam de ser novas... bastam lavadas. Não podem é ser do Continente que me fazem alergia. Traz dos Açores se passares por lá.

É verdade, não faças como o ano passado, quando ias a descer a chaminé e deste a maior farpa digna de entrar para o Guiness e incendiaste-me a casa toda. Entra pela porta como as pessoas tá???
Ah e desculpa este ano a carta ser electrónica mas por causa da erva estou sem saliva para colar os selos.


Um muito obrigado,

Limão *<|:D

Líder dos Diabos Vermelhos já tem substituto

Achei o vídeo tão bom que tive que colocar no blog.


quinta-feira, 13 de novembro de 2008

Piropos Obrais:

Parvos, amigos, companheiros, apaixonada e simpatizantes do PRSCPLP:

Como todos sabem, sou um franco admirador e larápio de piropos. Tais como: " Andas na tropa? É que marchavas que era uma maravilha" ou até mesmo "Oh febra...anda aqui ao grelhador!".

Desta feita, enquanto vasculhava o hi5 de uma nina bronzeada como o Obama (O Berlusconi também gosta de piropos...mas ele tem uma tendência muita máscula algo duvidosa...)deparei-me com um piropo ao qual senti necessidade de partilhar com todos vós...

"A tua mãe é uma ostra das caraíbas? É que és cá uma pérola..."

Claro que o meu riso foi imediato, não só pelo piropo, como também pela palavra pérola, que fizeram-me voar para um estado de felicidade imenso, situação que não é para aqui chamada!!

Alea Jacta Est - Adolfinho o Parvo - Líder do Partido Renovador da Sociedade Civil, Plebeia e Laboral Portuguesa.

terça-feira, 11 de novembro de 2008

"Jornalismo ao mais alto nível"

É notícia, hoje, que um médico se terá enganado durante uma operação, e... alguém ficou a falar fininho para o resto da vida.

Ao contrário do que está noticiado, o médico não se enganou. Não se tratou de um erro, mas um ajuste de contas. Parece que o sr. amputado andava a montar (o termo é mesmo este) a mulher do xôtor. Ora, o xôtor já teria sido informado por um detective privado, que a sua mulher andava mesmo a ser montada, chegando a ver fotos do montador.
Coincidência das coincidências, quando se preparava para tirar as amigdalas de um paciente, depara-se com o ser, que o obrigava a passar uns minutos no quarto-de-banho, acompanhado de revistas masculinas, já a sua mulher andava com "dores de cabeça".
Não é tarde nem é cedo, quando acabou por tirar outras "amigdalas".

O xôtor justificou-se em tribunal, dizendo que durante a operação sofreu um acidente vascular cerebral: "Meritíssimo estava eu a iniciar a operação, não é quando me sinto a desfalecer. Aflito que estava e para não cair agarrei-me ao que pude. O problema é que com a aflição, me esqueci que na mão tinha o bisturi. Não imagina o que aconteceu... Bati com a cabeça no chão. Em cheio. Desde o dia que não durmo, tamanhas dores de cabeça que tenho."
Ao qual o juiz perguntou: "Não será dos cornos?".

A investigação teve ajuda de sete coorperações de bombeiros, quatro forças policiais do mais alto gabarito, dois criminologistas e sete cães que não conseguiram apurar nada. (Faz-me lembrar qualquer coisa...?????!!!!)
Tudo o apurado, foi em conversação com Catrinel. Uma moça às direitas, que chegada ontem ao nosso país, depois de uma viagem dura (via porto de Leixões), já tem dois empregos. De dia trabalhadora das estradas de portugal e à noite dançarina numa casa de diversão nocturna.
No entanto, essa conversa com a Catrinel foi em romeno e enquanto gentilmente dançava no meu colo. Pelo que posso ter percebido mal uma ou outra coisinha. E o que agora publico talvez não seja a mais certa das verdades.
É, contudo, de louvar a intenção jornalística e os vales de desconto, da casa de diversão nocturna, que a Catrinel amavelmente ofereceu.

Reportagem: Adalberto Parvo
Tradução: Adalberto Parvo
Texto: Adalberto Parvo
Montagem: na Catrinel


Mas o que é isto News

Debagar, debagarinho, se pisa as uvas no lagar para fazer o vinho

Aurélio Hortêncio era um jovem de sucesso na aldeia de Inhanha a Velha, situada entre a fronteira entre Portugal e Espanha e França e os Açores e a Madeira e Gibraltar. Tem uma área de cerca de 25km rectangulares porque os campos de cultivo não são quadrados. A agricultura é a única fonte de rendimento (minto, há outra fonte mas secou) e Aurélio Hortêncio foi o verdadeiro impulsionador quando decidiu saltar de um trampolim para um campo de milho.
Esta aldeia deve muito a este jovem, cerca de 25 euros que o mesmo emprestou a junta de freguesia para fazer um ecoponto. Ele investiu o dinheiro em tinta e pincel, fez o ponto mas foi um fracasso porque não fazia eco nenhum!!!
Aurélio Hortêncio pesava 98 Kg e tinha um corpo definido (por ele). Usava camisas de flanela aos quadrados por dentro das calças, botão apertado até cima e as mangas das calças de ganga arregaçadas para sobrepor a galocha. Este jovem tinha um dom. Era conhecido pelo seu hálito com um leve aroma a estrume. Mas como na aldeia não havia fragâncias, perfumes nem flores, as pessoas encaravam aquele aroma como um acto sensual e másculo, digno de um homem feito!
Não desviando o assunto, Aurélio Hortêncio inovou e hoje em dia é reconhecido mundialmente pela sua mãe pelo seu esforço, dedicação e vontade em fazer crescer a sua aldeia que o viu nascer (é, tinha olhos queres ver...). Não foi reconhecido pelo pai, porque o mesmo morreu de intoxicação alimentar quando colocou remédio dos ratos no chão, os ratos ficavam a olhar e não comiam, então ele demonstrou como é que eles deviam fazer, tomando um comprimido enrolado por uma fatia de queijo, o queijo por sua vez ficou agarrado à laringe, à faringe e à esfinge e sufocou-o (remédio?? Mas os ratos estavam doentes??).
Sofrendo consequências da crise económica mundial, Aurélio decidiu poupar na comida dos bois e começar a utilizar o seu hálito para estrumar os campos de milho. Sentava-se no cimo de um escadote e soprava a favor do vento. O seu hálito juntamente com a saliva branca, substituía na perfeição o adubo e não era prejudicial para o meio ambiente (nem para o meio nem para o inteiro), pois não continha qualquer tipo de insecticida, apenas algum catarro. No primeiro ano após a utilização desta técnica, o milho cresceu até 4 metros de altitude e o hálito era tão potente que as espigas já davam pipocas. Com esta nova variante de estrume, as pessoas ficaram todas boquiabertas e estrumecidas com tal ideia. Então decidiram criar um negócio promissor e engarrafar o hálito de Aurélio Hortêncio até que no ano seguinte, a aldeia de Inhanha a Velha sofreu um estrumor de terra e foi tudo co... Tá a dar a Lucy na tv. Já volto...

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Zé António "Suicídio"

José António "Suicídio", mais conhecido por Zé Tó entre os amigos e por tremoço no Pérola Negra, com 40 anos de experiência sexual e 55 anos de idade, tinha tendências e descendências suicidas.
A mãe era sueca, o que explica as suas tendências porque como devem saber, a Finlândia é o país que apresenta a maior taxa de suicídio, nomeadamente na cidade de Oslo. O pai, de Trás-Os-Montes era viciado na cueca da sueca da sua mulher e no jogo da sueca, apostando consigo próprio, em média 50€ em como não perdia mais de 300€ nos encontros quinzenais organizados pelo Grupo Columbófilo de Bagueixe, acabando sempre por ultrapassar o valor anteriormente estipulado, perdendo a aposta consigo próprio.
Como tinha uma casa de ferragens, única na zona (Zé Tó Ferragens em Macedo do Mato), os lucros cobriam na perfeição os gastos que tinha no jogo. Para além disso recebia subsídio de desemprego porque o processo estava bastante demoroso e ainda não tinha sido actualizado e como Zé Tó tinha consciência do tempo que demoravam estes processos, já tinha pedido a reforma, que por acaso foi mais rápido então neste momento recebe 3 vencimentos, dos quais dois são líquidos pois gasta-os em vinho e cerveja.
Vivia uma vida ideal, ao que os americanos chamam de American Dream ele chamava de Transmountain Dream.
Tinha dois tractores John Deer de 2002, um vermelho e outro preto com jantes especiais com ZT gravado no centro, com aquecimento dos estofos com ZT gravado no encosto, airelon e luz neon bordeaux por baixo, uma mansão pequenina com 4 quartos, 3 dos quais eram de hóspedes, fogão a lenha e tijoleira encastrada, os filhos só tinham a 4a classe mas fizeram um exame e agora entraram na faculdade (Jeremias, 39 anos e Jesualda com 23 mas aparentava ter o dobro, da idade do irmão), salientando também a enorme piscina que não tinham envolta num jardim de relva seca pelas necessidades das vacas.
Surgiram os tempos de crise, e o tremoço continuava com os mesmos vícios e com ainda mais contas para pagar. Vendo-se aflito, decidiu por termo à vida... da mulher. Pensou melhor e como homem sábio que era, concluiu que apesar da mulher ser uma cabra não tinha culpa da crise, decidiu então por termo à sua própria vida.
Amarrou uma saca do mini mercado da D. Jovenilde à volta da cabeça, deu 3 nós nos atacadores porque podia tropeçar enquanto se asfixiava e tentou o suicídio, sem sucesso. As caricas das minis tinham furado a saca e Zé Tó conseguiu respirar.
Como não é homem de desistir, foi à drogaria e comprou remédio para os ratos. Tomou 10 comprimidos e foi tiro e queda, a constipação, a renite alérgica e duas artroses que tinha no ante-fémur esquerdo passaram de imediato.
Tentou afogar-se na banheira mas como não tinha água nem champôo, ficou fora de hipótese.
Nunca baixou os braços e decidiu amarrar uma corda ao pescoço e atirar-se da janela de casa, mas como a casa tinha sido penhorada, teve que utilizar outra táctica. Deitou-se na linha do Tua e esperou 2 dias sem comer, só a beber cerveja e não passou um único comboio. Viu mais tarde nas notícias que o comboio tinha descarrilado com 10 passageiros e caído ao rio após embater numa das vacas que Zé Tó tinha vendido para poder comprar cerveja. Consta-se que a vaca não teve nada.
Chegou a casa, pegou numa faca e tomou a decisão juntamente com uma cerveja de cortar os pulsos como quem corta o pescoço a uma galinha, mas estava tão bebado que cortou os tornozê-los, e ao contrário da galinha que anda sem pescoço, Zé Tó não se mexia.
Foi transportando por um vizinho, não com muita urgência, digamos que sem pressa nenhuma para o Hospital do Allgarve para ver se morria pelo caminho, mas nem assim, pois compraram uns curitas a uma cigana que os vendia nos semáforos e lá conseguiram parar a hemorragia, mas nem com os curitas conseguiram parar a vontade de Zé Tó se suicidar.

TO BE CONTINUED...

que já são 4h32 amor, e tens de ir trabalhar, acordas-me com um beijo e um sorriso no olhar. E levantas-me da cama, depois tiras-me o pijama, faço a barba e dá na rádio o Zé Cid a cantar.

Dar a mão à palmatória

Estive 9 dias sem escrever o que quer que fosse porque esqueci-me da password. Utilizo ***** para todas as passwords até para o multibanco mas o blog exige 6 caracteres então a password era a ******.
Hoje vi as notícias por mero acaso, porque também tinha esquecido a password da box da tvcabo do meu vizinho mas hoje como fui molhar o bico à box da minha vizinha acabei por a encontrar no bolso das calças do meu irmão que lá tinha deixado ficar a semana passada. Voltando às notícias, deparei-me com o insólito de que dar umas boas palmadas pode dar cadeia.
Sou totalmente contra esta nova lei, se é que se pode chamar a isto lei, principalmente quando a minha vizinha gosta de levar umas boas palmadas com ela bem aberta e com a mão também.
Se for uma palmada devagar dá 6 meses de cadeia? E se for uma bem dada, 25 anos??? E a humilhação que é quando nos perguntarem na cadeia: - Porque é que tás dentro? - Dei uma palmada bem dada. E depois saimos passados 2 meses e todos ficam a saber que afinal foi apenas uma palmadinha.
Vamos ser obrigados a ter um "bófia" debaixo da cama com um medidor de intensidade palmatória? Se for um "bófia" fêmea até que nem resmungo muito, se ela me prender com as algemas e brincar com o meu cacetete.
Meus caros, minhas caras, lamento dizer-vos mas o sexo à bruta tem o seu fim à vista.
Vou agora aproveitar para dar umas valentes palmadas em mim mesmo antes que a lei entre em vigor.

Já agora, como é que uma lei entra dentro dum pacote de leite Vigor???





Li agora que a lei só se aplica a crianças. Sendo assim só os pedófilos é que dão umas boas palmadas nas crianças e ser pedófilo já dá cadeia. Então o por quê desta lei???

quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Agredido...


Não se faz.
Estava eu a ver a publicidade da Nokia, ali por aqueles lados, quem sobe a subida a esquerda depois do outro, quando que três bestas começaram, sem motivo aparente, a pontapear-me. Mas digamos que não eram pontapezinhos de carinho. Era cada biqueiro que via estrelas. Aliás vi as constelações todas.

Vieram eles com a desculpa da pedra na mão…
Não se pode??
Nunca ouviram dizer "Pedras no caminho? Guardo todas, um dia vou construir um castelo..."??
Se calhar era para atirar ao Cláudio Ramos que por ali passava???!!! Não era não. Juro!
Era para o Castelo Branco, mas distraí-me a ver a publicidade da Nokia.
Diga-se que me tentou ajudar:
“…Metam-se com alguém do vosso tamanho, como por exemplo eu…”; “…a bater com esses cacetetes no pikeno, batam antes a mim, com força…”; “…já que não me batem agora, liguem mais tarde…” (Algumas frases do Castelo)

Protegidos dos pés à cabeça, também eu enchia o cortiço a qualquer um. Só vos digo: Venham sozinhos. Um a um, mano-a-mano, e depois vemos. Rebento-vos o cabaço.

Com aquela cena, acabei por não atirar a pedra a nenhum deles... Cabrões dos bófias…

Não se faz!!!

Deixo-vos algumas imagens de bons casamentos





Deixem comentários, se ainda houver algo a dizer sobre o casamento ou... divórcio

Viva o divórcio, Viva o divórcio??? E então o casamento???

Esse acto de amor entre dois seres que só têm olhos um para o outro (pelo menos quando de frente um para o outro) e que se querem amar até que a morte os separe…
Vejam bem algumas vantagens meus amigos!!!

  • Peidito matinal e posterior cobrimento completo da esposa com os lençóis;
  • Dar a mijita e deixar o tampo da sanita alebantada;
  • Poder tirar as sapatilhas sem ter medo da eventual existência do buraquinho maroto;
  • Poder dar a verdadeira coçadela sem ter que esconder e fazer umas jogadas do nosso amado bilhar de bolso. É para coçar, é para coçar!!!
  • O sonho de qualquer homem!!! Chegar a casa, largar tudo o que temos na entrada, botar os pés debaixo da mesa e perguntar (ou seja, exigir) com uma voz convicta e máscula de quem chegou de trabalhar, "Óh Maria… o tacho? demora muito??? Já devia de tar mesa!!! Dass";
  • E o arroto no final da jantarada??? (eu obrigo os meus filhos a bater palmas quando acontece!!! O meu mais velho está-me quase a apanhar!! Já levou uns bons cachaços, é que afinal de contas quem é o pai???);
  • Sempre que a Maria passa poder dar o verdadeiro TAU naquele rabo de casada [ I ].
  • Ter o dedo enfiado nas narinas o tempo que quisermos que ela não vai dizer nada... Se disser temos sempre "Também podes..."

Bem sei que custa um dia inteiro com um fato vestido, com aquelas velhas com apenas umas horas de vida pela frente a apertarem-nos as bochechas como se não houvesse amanhã (realmente para elas não há), beber como um cão e chegar ao fim do dia e obrigar o “senhor lá debaixo” a trabalhar na noite de núpcias, ter que lhe dar todas as condições de mulher casada gastar balúrdios numa cozinha, etc. Mas já viram bem algumas das vantagens? Compensa…

Viva o casamento!!!

segunda-feira, 3 de novembro de 2008

Copy Paste #5



"Pode não parecer, mas na intimidade ele é romântico"
By Maria Cavaco Silva

quarta-feira, 29 de outubro de 2008

Viva o divórcio

Pode parecer uma parvoíce este título, mas vão ver que não é só o titulo que e parvo.

Isto é uma história real, história da minha vida, resumida em poucas palavras.

Os meus pais estão divorciados há muito tempo.
Desde logo, esse divórcio deu-me frutos, muitos frutos (frutos = brinquedos).
Fim-de-semana com o pai resultava, sempre num aumento significativo de brinquedos. O que para uma criança (que ainda sou) é uma coisa maravilhosa.

Passados alguns anos e o mesmo divórcio continua a dar frutos (frutos = ??).
Na passada noite de segunda, ontem, os senhores da indaqua decidiram rasgar a estrada e reparar uma fuga que já havia de manhã. Se estão a pensar, que fofos porque deixaram de estar com a família a noite, para reparar uma fuga, estão muito enganados. Não passam de uns cabrões, porque passaram o dia a coçar a tomatada (tomatada = testículos), para ganharem horas extras a trabalhar há noite. Isso para mim tanto me faz, como tanto me fez. Excepto quando, depois de um dia de trabalho chego a casa e não tenho água porque aqueles fofos decidiram tapar uma fuga.
Estarão vocês a pensar: ó Adalberto, o que é que isso tem a ver com o divórcio?
E eu respondo: Tem tudo! Porque depois de algumas horas de angústia, na esperança de poder passar neste corpinho, dei por mim a pensar: “Tás fodido!” (desculpem a expressão, mas foi mesmo esta, daí as aspas)
Continuam vocês com a mesma pergunta: ó Adalberto, o que é que isso tem a ver com o divórcio?
E eu respondo: Vamos por etapas.
Qual foi a minha sorte?

… (… = minutos de suspense)

A minha sorte é que os meus pais sempre pensaram nos filhos. E até nos cortes de água eles pensaram.
Aliás, a decisão do divórcio surge daí. Para não correrem o risco, dos filhos chegarem a casa e não terem água para tomar banho, divorciaram-se.
E ao fim de 24 anos, perceberam que tomaram a decisão certa. Que eu agradeço.
Se não fosse esta decisão, onde é que eu teria tomado banho ontem?

Acho que todos os casais, com filhos, deviam pensar seriamente nisto.
Eu já estou a pensar. No dia que seja pai, se tiver casado… Venha o divórcio. Logo! Sem pensar duas vezes.
E um poço? Não resolve. Pode secar.
E um depósito? Não resolve. Pode furar.
Divórcio. A única solução é o divórcio.

Acabo esta história emocionado, vá com duas lágrimas no olho direito, só de pensar os pais fantásticos que tenho.

terça-feira, 28 de outubro de 2008

COMUNICADO PARVO (claro)

Caros leitores, amigos parvónios e resto da malta:

Sendo este um blog democrático, tomei a decisão de permitir a divulgação do…

Deixemos de formalidades.
Como qualquer um pode ler, estamos perante um grupo de parvos fora do normal.
As capacidades deste povo é, em duas palavras… fan tástica. Mais duas… espe ctacular. Só mais duas mara vilhosa.
Então porquê andarmos com confidencialidades? Para quê esconder do mundo as capacidades já mostradas?

Ora assim sendo, tomo a decisão de tornar este blog público.

No entanto, dois “post” serão apagados. Sendo eles, os que falam de um ser parvo, apelidado de Pinipon.




Não os apagamos por medo, porque não temos medo de ninguém, mas porque, com a afluência que este blog terá a partir deste momento, o suicídio desse ser seria mais do que óbvio. E nós não queremos isso. A sério que não queremos.


Depois de tudo isto, acabo dizendo:
Abraço e beijinhos

Travestis

Essa espécie estranha que por vezes se encontra quando se vagueia pela cidade.

Uma questão me incomoda há muito tempo, desde que tive o desprazer de ver um desses seres numa das famosas ruas da nossa cidade!

Para quê?

Se por um lado somos homens e queremos uma mulher, não a nossa nem a dos outros, para apenas um dos pratos podemos recorrer às ilustres casas de divertimento nocturno, também conhecidas como bares de alterne e procurar esse mesmo serviço.

Por outro lado existe um distinto grupo, os homossexuais que podem precisar de estar com um ombro amigo, másculo e paneleiro, podem sempr procurar um ser com a mesma orientação sexual.


Agora…
Um travesti??

Para quê???

Não admira que sucedam incidentes como o que por exemplo se passou há dois anos na cidade do porto. O caso da célebre GISBERTA, despachada por um grupo de jovens da Oficina de S. José. Provavelmente tentaram um diálogo com a boazona da Gisberta e até uma aproximação física e é então que são surpreendidos!! Em vez de encontrarem um refugio quentinho e aconchegador , uma bela duma toquinha vá, deparam-se com um membro invertebrado mais conhecido como bregalho! Não censuro os pobres dos jovens, bons rapazinhos que nunca fizeram mal a uma mosca, mas que se depararam com tal situação…

Eis uma questão que deixo em aberto para um qualquer parvónio visitante deste sítio!

Para quê?

Dois tipos de linhas

Na escola ensinaram-me que haviam dois tipos de linhas:



E na catequese ensinaram-me que Deus escrevia direito por linhas tortas... queria vê-lo a escrever o Novo Testamento na linha do Tua. Pelos vistos os passageiros que faleceram nem tempo tiveram para escrever os seus testamentos.
Neste momento de pesar (momento idêntico ao posterior momento de colocar a fruta dentro do saco) tenho vontade de cantar uma música:

"Apita o combóio, lá vai apitar, apita o comboio, à beira do mar. À beira do mar, mesmo à beirinha, apita o comboio, bem fora da linha" uhh uhh pouca terra pouca terra uhh uhh

segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Miguel Sousa Tavares assaltado!

Como é sabido, o nosso querido escritor foi assaltado.

Um assalto estranho, segundo ele, porque foi apenas roubado o portátil (onde tinha dois livro iniciados) e um telemóvel.

Mas a parte gira é que, o Miguel vem agora apelar, para que devolvam o portátil, ou o conteúdo que nele continha.

Ora amigo Miguel, estás a pedir o quê? Que o assaltante dê a cara, porque o sr escritor pediu? Ou melhor, queres que ele grave num cd ou pen, os textos que tinhas começado há um ano?
Não teria sido boa ideia teres feito tu isso? Assim por segurança, não fosse o portátil ir desta para melhor, ou mesmo, sei lá, seres assaltado...

Vem estes gajos, com a mania que são os maiores, apelar a um assaltante que fez o que fez, porque precisava apenas de comprar a dose diária, para que este faça o que não se deu ao trabalho de fazer um ano inteiro?!
Era só fazer copiar e depois colar. Isto enquanto acendias mais um cigarro...

Há cada um...

Copy Paste #4


"Ainda não gosto de mim" by Mónica Sintra



PS: Eu também não

quinta-feira, 23 de outubro de 2008

Sexo dos anjos, sexo das flores

Muitos se questionam sobre os sexos dos anjos, ou até mesmo sobre o sexo das flores, mas julgo que cheguei a uma conclusão.
Queria comprar um animal de estimação, mas não queria ter muito trabalho nem de lhe dar de comer nem de o levar à rua e como vivo num apartamento (sozinho meninas ;D ) decidi comprar uma planta carnívora. Desta forma "poupo" no subir e descer escadas só para levar o bicho lá fora a mijar e poupo igualmente nos milhares de euros anuais em ração animal.
Para além disso, poupo também no subir e descer escadas com a comida do cão e evito uma hérnia discal (que antigamente era muito frequente nas senhoras de idade que passavam o dia a falar ao telefone de disco).
Não queria uma coisa pequena tipo Pincha nem com caracóis e lacinhos do género de um caniche, queria algo volumoso, musculado, semelhante a um pitbull, porém já não havia deste género porque tinham sido todas compradas por um "GAIJO" que as tem numa quinta e as treina para lutas de plantas carnívoras para depois vendê-las a um preço bastante superior, cerca de 10€ ou 10 pasteis (não sei se a lei me permite que designe livremente a palavra EUROS).
Então resolvi comprar a mais fofinha. Era uma planta que estava só numa jaula, no cantinho, a dormir muito aconchegadinha a um peluche da Lucy (meio roído por outro meio mundo). Ninguém dava nada por ela, mas vi ali a minha companhia ideal.
Trouxe-zia embrulhada numa manta para não constipar e coloquei-a na janela do meu quarto que tem vista para uma parede de tijolos ainda por betumar.
Queria que ela crescesse, se tornasse forte, então dei-lhe um saco de adubo e em dois dias ela não tinha crescido nada. Ao 5º dia já tinha crescido quase nada até que ao 22º dia estava igual.
Sempre julguei que esta planta, ou planto era másculo, pois tinha ali um ferrão... digno de um besouro africano. Porém saiu-me o tiro pela culatra, enquanto à minha planta entrou.
Tenho a mania que sou marinheiro, então quando ando por casa, ando sempre nú e agarrado ao mastro. Num belo dia para se estar dentro de casa, andava eu a navegar em altas tempestades, quando passei pela planta e ela atirou-se a mim de vaso e tudo, dando uma ferradela no meu mastro, deixando-me a meia haste e à deriva. Com medo que infectasse, coloquei betadine e a planta lá melhorou (afinal não sou venenoso).
Nunca mais tive destes problemas porque tirei-lhe os dentes e agora confesso que até consigo tirar algum prazer da planta.
Contudo e sem nada, já não bastava ver estas tendências homem sexuais do meu fictoplantus quando na Primavera passada, o gajo decide-me brochar em vez de desabrochar como o resto das outras plantas da mesma raça. Aí não tive dúvidas e resolvi vir escrever este post. Demorei 3 estações a escrevê-lo porque o comboio não parou no apeadeiro do Contumil!

quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Josef Fritzl


Lembram-se desta carinha laroca?

Pois é, para quem não sabe, este senhor é o austríaco, que durante 24 sequestrou a filha e a submeteu a violações das quais resultaram sete filhos.

(Surgiu uma dúvida: as sete criancinhas tratam o Josef como? Será pai? Avô? Isto é de pensar.)

Continuando, este sr foi submetido a exames psicológicos - não percebo porquê - e o resultado desse exame, afasta a idéia de ele ser tolinho. E pergunto eu, haveria algum motivo para ser considerado tolinho? Fica a pergunta no ar.

(Já sei!! As criancinahs devem tratá-los por "Pai-avô".)

No relatório do exame, que nós tivemos acesso, constam palavras do Josef, em que afirma "que para quem nasceu para violar" até se "conteve muito tempo".

Ora, eu depois de ler isto, só consigo dizer uma coisa:
"Quem diz a verdade não merece castigo"!!!

(E a filha? como e que ela o trataria? Pai? Morzinho?...? Fico intrigado com estas dúvidas)

Chegou o Momento de Construir!!

Um Povo Digno do seu Passado Não Pode Ficar Indiferente!
Homens e Mulheres da revolução, Parvonios de todo o mundo, além-montanhas, além-mares escutai...

Espero que agora tenham percebido que se aproxima uma hora solene na história do nosso bem amado Portugal...é altura de forjarmos a maior revolução da história do nosso povo...uma revolução digna de empurrar para o esquecimento o tão afamado 25 de Abril de 1974!
Este video apenas demostra como a nossa sociedade esta a precisar de uma renovação! Como por exemplo pessadas sanções a todos os famaliares destes dois bonitos irmaõs...
Creio que o Ñosso PRSCPLP - Partido Renovador da Sociedade Civil, Plebeia e Laboral Portuguesa, tem todas as bases para destruir o sistema democrático socratiano (parvonio convicto) e instaurar um regime ditatorial e represivo!!! Desde logo alterar a nossa Identidade para República Parvoniana...
Sem Rancor para com ninguém, com caridade para com todos - Alea Jacta Est - Adolfinho o Parvo - Líder do PRSCPLP
P.S - Peço a todos para não acompanharem a Nossa revolução com músicas do Zeca Afonso ou o Paulo de Carvalho...não queremos que o nosso amado povo adormeça...

quinta-feira, 16 de outubro de 2008

Foto BT

Ainda relativamente à foto da BT, acrescentaria o seguinte:

Meu caro Adalberto, nada na fotografia te diz que o carro está em andamento, logo o sr. agente pode perfeitamente estar sem cinto, de pé, capota aberta, sem chapéu, virado para trás e a coçar os tomates do colega de profissão. Quanto muito seria (usando palavras da BT) "autuado por aparcar a viatura em plena via pública impedindo desta forma de permitir o tráfego automóvel à sua circulação devida estando por isso sujeito a uma coima no valor de 500€ pagos na hora que temos que ir almoçar à marisqueira e isto se não quiser bufar ao balão!".
Se a estrada estiver cortada, então até ali podem estar estacionados. Estão é sujeitos que apareçam os gajos da EMEL e aí tão fudidooos!!!

Quando m'alembro, até m'esquece

É com muito orgulho que coloco um post (1º) neste fantástico blog. Para não ter posts separados, os posts que for colocando no meu blog, vou colocando aqui também (apenas os que achar que são mesmo parvos)! Já agora aproveito para promover o meu blog através da publicidade barata, afinal de contas estamos em crise.

Palavras Grátis

Have fun and love Britney Spears!
____________________________________________________________________________________

Adoro andar de carro, sozinho, passear pelas estradas, fintar os buracos evitando os "raides" e as velhas na passadeira, óculos de sol de dia ou de noite, buzinar nos túneis, acender as luzes todas do carro ao mesmo tempo (máximos, piscas, travão, marcha-atrás, mínimos, médios, nevoeiro e luz interior e luz do porta luvas), adoro conduzir com música nas alturas e de vidros abertos, até hoje. A partir do dia de hoje passo a fazer tudo mas com vidros bem fechados e fita cola "anti-vedante". Tomei esta medida e um bagaço, pelas 19h23 minutos do dia de ontem.
Certamente já vos aconteceu e sabem perfeitamente o sufoco que é quando entra uma abelha dentro do carro?! Pois, mas não foi isso que me aconteceu.
Sabem quando vão jantar ao McDonald's um menu Big Mac com batatas fritas, Coca Cola e nuggets com molho de salsa e depois entram no carro com um grupo de amigos, a chover torrencialmente e um deles, se lembra (lembrou-se mas podia-se ter esquecido) de contrair os abdominais e bater o recorde pessoal da farpa com pior aroma e vocês não podem abrir o vidro porque senão molham-se e enquanto pensam se abrem o vidro e se molham mas respiram ar puro já inalaram 300 gramas de Ácido Sulfúrico em forma de peido?
Também não foi isso que me aconteceu, porque ia sozinho, não sou egoísta ao ponto de disparar para o ar com o intuito de obter a maior quantidade de aroma para mim e para além disso, não estava a chover.
Na minha terra, é tempo de cortar o milho e adubar os campos. Mas em vez de adubarem com rosas, adubam com estrume. E de que é feito o estrume? De merda proveniente de animais ou de pessoas que cagam como animais.
Vinha eu tranquilíssimo da vida a ouvir Marante na Rádio Clube Matosinhos quando repentinamente, sem eu me aperceber ou sequer pensar em me aperceber, inalo uma quantidade incalculável de merda em estado gasoso vinda dos campos. Só tive tempo de acelerar a fundo (na esperança que o cheiro espairecesse) mas quando dou por mim, ainda me faltavam percorrer 5 km de campos repletos de estrume fresquinho. Até me arderam os pulmões e me vieram as lágrimas aos olhos. Já o meu rabo ficou envergonhado porque nunca conseguiu atingir tal nível de acidez.
Digo-vos sinceramente, este ano, o buraco do ozono vai estar mais aberto que nunca (engraçado, o ano passado disse o mesmo ao Castelo Branco depois de ele ter estado na mesma sauna que o Frota) e as espigas vão nascer tão férteis que já vão dar pipocas em sacos plástico prontas para serem vendidas no Sr. de Matosinhos.
Deixo aqui uma palavra de preocupação e recomendo-vos que façam uma alimentação cuidada, à base de frutas e vegetais, senão quem fica prejudicado no futuro sou eu!!!



Saudações parvas, meus caros*

quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Lisboa, 27 de Julho de 1970 - O Dia que Mudou a Sociedade Moral.

LISBOA, 27 DE JULHO DE 1970 - O DIA QUE MUDOU A SOCIEDADE MORAL.
O dia 27 de Julho de 1970 foi marcado pela morte do nosso grandioso "ditador" António de Oliveira Salazar.
Desde então assistimos até 1974, mais precisamente em Abril e se quisermos ser mesmo preciosistas 25 de Abril de 1974 (para quem não sabe o inicio da III Republica), a uma degradação acentuada dos costumes morais da população.
Como podemos verificar neste fotografia captada por um fotografo amador, a fêmea tenta endurecer o estado de espírito do seu macho, levando-o a praticar actos, de certo apetecíveis, mas moralmente condenáveis.
MINHAS SENHORAS, MEUS SENHORES,
Após ter assistido a esta degradação de todos os valores em que assenta a nossa sociedade, vejo alimentado o meu objectivo de sensibilizar a população de modo a construir uma sociedade puritana bem como livre de vícios e da ociosidade.
Caros blogistas, visitantes, amigos...lutai comigo, uni-vos a mim na consolidação do PRSCPLP - Partido Renovador da Sociedade Civil, Plebeia e Laboral Portuguesa. Juntos iremos fazer a diferença...VIVA PORTUGAL!!!
Alea Jacta Est - Adolfinho o Parvo - Líder do PRSCPLP
P.S - O fotografo amador na mesma tarde em que captou este acontecimento, necessitou de cuidados médicos do foro neurológico.

terça-feira, 14 de outubro de 2008

Neighbor's Garage...

Down on the street where I live, I met a neighbor
Separated from her husband she is living alone
Besides she's pretty, she's a well of kindness
Seeing my car in the rain offered her garage!

She said: no one uses since he left me!
Inside my garage of spider webs have grown
Put your car here, it will not rust!
The garage is used but your car will love!


I put the car, remove the car, at the time I want
Such tight garage, that sweetness of woman
Removing early and put it at night, and sometimes in the evening
I'm even changing the oil in the nearby garage!


But my powerful car has a beautiful trailer,
That I use for selling coconuts and win a bit more change
The garage is small, what do I do now?
My car stays inside, the coconuts stay out!
My neighbor is good, I'll take care of the garage
In the door, weed have grown, i gave a way to cut!
The kindness of neighbor is a thing of another world
When i don't use the front garage , i use the garage of the fund


I put the car, remove the car, at the time I want
Such tight garage, that sweetness of woman
Removing early and put it at night, and sometimes in the evening
I'm even changing the oil in the nearby garage!

BT

Não posso deixar de comentar a foto do último post do nosso e parvo amigo Guálter.

1º O senhor agente não está devidamente sentado na viatura;
2º O mesmo não está com o cinto de segurança, como menciona o Guálter;
3º Linha longitudinal continua;
4º O bracinho de fora do condutor dá-lhe um ar demasiado descontraido para a profissão que exerce;
5º Um cabrio? Um cabrio? Mas o que é isto?

Alguém me diz que palhaçada é esta?



adalbertoparvo@hotmail.com

Olá para ti também...




Ainda dizem que os senhores agentes não são simpáticos...

Se calhar punha era o cinto de segurança como diz a lei.

segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Orgulho ??? !!!



Estarão vocês a perguntar que foto é esta?!

Querem mesmo saber?
Têm a certeza?
Está bem, eu digo-vos:

Podia ser a procissão das velas de Entre-os-Rios? Podia sim senhor, mas depois da ponte ter caído, aquilo nunca mais foi a mesma coisa.

Podia ser uma concentração tuning? Claro que podia, mas na praia só se fosse de barcos. (Agora que falo nisso, tuning nos barquinhos a remos era bonito de se ver)

Podia ser um agrupamento de homens enfurecidos mortos por dar um enxerto de porrada no Cláudio Ramos. Também podia. Aliás, devia ser. Mas não é,

Isto não é nada mais, nada menos do que o Desfile do Orgulho Gay, que decorreu ontem, na praia de Copacabana no Rio de Janeiro.
Ou seja, um milhão e meio de panascas que se juntaram e...
Fo**-** sabe-se lá no que é que aquilo deu.

O mais preocupante é o “Orgulho”.

Meus amigos, se têm orgulho nisso, porque é que só deixam vir ao de cima a bichice (temos de chamar as coisas pelos nomes) quando se juntam aos milhões?
A grande maioria destas “coisas”, durante o dia, cospe para o chão, esfrega os tomates em locais públicos… E chamam a isso orgulho?
Orgulho era vê-los trabalhar maquilhados, de salto alto… Aí sim, aí podiam chamar de orgulho.
Por isso até lá, metam o orgulho pelo ânus acima. (Mas só o orgulho. O resto nem quero pensar)



PS: Reparem bem, que podia e devia ter dito um palavrão ou dois, mas muito educado que sou disfarcei bem um "foda-se" com esteriscos. Ninguém conseguiu perceber, até ler esta nota. Isto sim é de ter orgulho.

quinta-feira, 9 de outubro de 2008

Morreu Jose Luis Garza

É como muita tristeza, que vos comunico que faleceu Jose Luis Garza.
Este jovem, de apenas 47 anos, faleceu sem motivos aparentes.
Bem, se calhar, os 450 kg que pesava era um problemazinho.
Mas morrer por causa disso?
O nosso caríssimo Jose bateu a bota, na operação que estava a decorrer para o levar ao hospital. Tiveram de rebentar uma parede, para que o conseguissem tirar de casa.
Cá para mim, foi corrente de ar? O Jose deve ter apanhado um resfriado e como era muito fraquinho não aguentou.


O Grand Canyon deverá ser o local escolhido para o enterro. No entanto, o Governo Chileno apelou à família para que Jose fosse levado para o Chile, com a finalidade de tapar o Vulcão Chaitén que continua em actividade.


O administrador de uma cadeia de restaurantes "fast-food" fez um comunicado:
"Está a ser muito difícil, para nós, aguentar isto.
Depois da crise da bolsa, prevemos uma crise, a nível mundial na restauração.
O badoxa fará sempre parte da história da nossa empresa. "

Minutos mais tarde, a mesma empresa colocou um anúncio em todos os jornais:
"Procuramos novo badoxa"


A ti, Jose, se deve este post.

(Minuto de silêncio)

Copy Paste #3

"RECLAMAÇÃO DE UM ESPECTADOR DO CANAL 18


Caros directores do canal Viver/Vivir,

Primeiro: a vossa programação, durante o dia, é uma merda. Isto é ponto assente. Vão lá falar de raças de cães e ensinar a tirar nódoas de vinho de camisas brancas para o caralho.
Segundo: os filmes, à noite, não estão mal. mas há aspectos a rever.
Nomeadamente, a questão da dobragem. O problema principal é este: estão ali a ser dadas fodas em inglês (na maior parte dos casos). As falas e a gemideira estão dobradas para espanhol. Pode contestar-se a necessidade da dobragem, mas não se pode negar que é um esforço válido porque permite que muitos e muitos analfabetos tenham acesso à guinchadeira fodal proferida num idioma que compreendem. Mas, pergunto eu: e os peidinhos de cona? Os peidinhos de cona perdem-se na dobragem, meus amigos. Isto é uma vergonha, em pleno século XXI. E quem diz peidinhos de cona diz todo um chlap, chlap, chlap de colhões a bater na peida que não chega ao espectador português.

Há dias, assisti a uma película transmitida por vós em que o saco dos colhões malhava na regueifa com uma velocidade tal que parecia castanholas na mão de uma sevilhana com Parkinson. Cuidais que se ouvia alguma coisa? O caralho é que se ouvia. Faz falta, no estúdio onde se procede à dobragem, uma cona que dê peidinhos em espanhol, sincronizadamente com a cona americana que está a levar as nabadas propriamente ditas no filme.

Mais: contratem-se colhões castelhanos e façam-se embater os mesmos contra rechonchudas nalgas suas compatriotas, captando esse som mavioso para o incluir na dobragem. Faça-se tudo isto - e depressa - caso contrário várias punhetas ficarão mal batidas.

Um abraço"

by
"Pipi, um vosso assinante"

Espero que o operador tenha registado tal pedido do espectador que assina "Pipi". Desconheço o autor, mas congratulo-o pela pertinência de tal intervenção.

domingo, 5 de outubro de 2008

Knock-Knock...


Who is?
Is me.
Who is me?
Me is me.
Who is me is me?
Me is me is me
Who is me is me is me?
Me is me is me is me
Who is me is me is me is me?
Me is me is me is me is me
Who is me is me is me is me is me?
Me is me is me is me is me is me
Who is me is me is me is me is me is me?
Me is me is me is me is me is me is me
Who is me is me is me is me is me is me is me?
Me is me is me is me is me is me is me is me
Who is me is me is me is me is me is me is me is me?
Me is me is me is me is me is me is me is me is me
Who is me is me is me is me is me is me is me is me is me?
Me is me is me is...

sábado, 4 de outubro de 2008

Ajudem esta mãe Por Favor!!

Uma mãe desesperada enviou uma carta ao Jornal de Notícias que, felizmente, publicou essa carta e que eu vou partilhar convosco:

"Sou mãe de um aluno do segundo ano da Universidade de Aveiro. Dei conhecimento à ASAE, PSP e ao próprio Ministério da Educação sobre a vergonha que é existir, em pleno espaço público universitário, um bar-discoteca a funcionar diariamente até altas horas da madrugada, onde os alunos adquirem víios e gastam logo no início da semana a mesada que lhe é dada com tanto sacrifício, como é o meu caso. Pelos vistos, de nada valeu a minha intenção. Tudo continua a funcionar entre bebedeiras e fumaradas. E a ASAE nada fez; a Reitoria nada fez; a PSP nada fez; o Ministério nada fez... Como se pode estudar num campus com uma discoteca a funcionar diariamente para lá da 5 horas da madrugada? Quem lucrará com isto tudo? Eu não! Eu perco e muito, porque as discussões em casa, com as alterações de comportamento do meu filho, são um desgosto maior do que o próprio dinheiro..." (02-10-08)

Que vem a ser isto?
Eu não quero acreditar nesta carta, mas sendo o JN a publicar... Só é mesmo pena, a mãezinha não estar identificada, assim como o filhote. Isso era bonito de se ver.


Minha senhora, o resto é para si, (por isso mais ninguém pode ler daqui para baixo) e para facilitar vou tratar-te por tu:
Basicamente, foste para o jornal dizer que não tens mão no teu próprio filho e que és muito burra. Deste conhecimento à ASAE? PSP? Ministério da Educação? Deve ser sido uma risota no Ministério... lol

Se te custa tanto dar-lhe a mesada, e o cabrão gasta em copos, porque não cortar a mesada?! Tirá-lo da Universidade!?
Já ouviste falar em CASTIGO (s. m. acto ou efeito de castigar; sofrimento corporal ou moral infligido a um culpado; punição; pena; admoestação; emenda; levar ao -: seduzir (uma mulher) para fins desonestos; desflorar.) [A última parte lê ao teu filho]??
Ou também uma PORRADA daquelas que lhe dá, um free pass ao Hospital?
Ou mesmo o mais aconselhado, DAR EDUCAÇÃO?

Não! O que é que a senhora fez? A senhora, muito civilizada, dá conhecimento à ASAE, à PSP e ao Ministério e depois manda uma carta ao JN a contar a sua história.
Metes-me nojo!!!
Tem vergonha. Parte-lhe a cara, e "bota" o badameco a trolha, para pagar os copos.

quinta-feira, 2 de outubro de 2008

Procura-se MORTO!!!




Não admira que Bruna Meneghel diga e passo a citar:

"Quero que me adopte... Identifico-me com ele..."


Só para que conste, "essa" Bruna Meneghel é Drag Queen.


Para quando uma lei que obriga a abater a tiro bestas como esta.
Não me chamem violento. Chamem racional!!!!!!!

quarta-feira, 1 de outubro de 2008

O gang das picaretas

O gang das picaretas é composto por um grupo de agradáveis sujeitos que praticaram uma série jeitosa de assaltos violentos na zona de Felgueiras, Guimarães, etc. Os alvos preferidos eram carrinhas de transporte de valores.

A detenção do grupo, ocorrida já em 2007 culmina agora com o fim do inquérito e acusação, a realizar nos próximos dias 27 e 28 de Outubro de 2008 (!?) no tribunal de Guimarães.

Isto é desde logo uma boa notícia!
Porque merece a atenção dum blog de parvoíces?
Ora bem, o líder do grupo foi identificado porque... deixou um papel a ameaçar a Polícia Judiciária! "Estais a cometer um erro grande. PS: o Lume queima.", ameaçou o líder, sucateiro de profissão e gatuno nas horas mortas, num papel manuscrito que deixou no vidro dum carro da PJ.
Digamos que depois de assaltos bem elaborados (há que dar o mérito a quem o tem), esperar-se-ia mais dum indivíduo destes! Então o parvo não vê o CSI?? Hello!! Impressões digitais!

terça-feira, 30 de setembro de 2008

Símbolo de uma vida

Este símbolo deixa-me vivo.


Por vezes, sinto-me revoltado, porque se esqueceu o seu passado, porque ninguém (ou quase ninguém) tenta reavivar a sua história. Deixam sim que o presente danifique o que em tempos foi...
É a triste verdade do mundo




Love you Mercedes

No comment


Talvez um "foda-se" não fique mal como legenda da foto???!!!




sexta-feira, 26 de setembro de 2008

"Deve ser horrível ser Deus"

João César das Neves, professor universitário, escreveu uma opinião, dia 22.09.2008, no Diário de Noticias.
“Deve ser horrível ser Deus”
Depois de ler atentamente o texto (ou não), venho dar a minha opinião, mencionando apenas alguns tópicos em que, claramente mostro a João César das Neves de que a sua opinião é errada.
Não esperem parvoíces nesta mensagem porque afinal falamos d´Ele.

1º - “Deus é uma das certezas mais consensuais da humanidade.”
Aí é? Já o viste? Já foste tomar um chá com ele? Não me digas que tambem tem Hi5? Se encontrei o da “Pinipon” também encontro o d´Ele...

2º - “Aproveitam tudo o que Ele lhes dá, sem sequer uma palavrinha para agradecer…”
Mas porquê? Ele é daqueles que mal dá, já está a espera de receber? Não foi Ele que disse que dar é uma dádiva?

3º - “ Aqueles que acham que compreendem Deus… fazem contratos com Deus, chantagem com Deus…”
Chantagem? Querem ver que Deus anda a esconder alguma coisa? Que terá Ele aprontado? Olha o santinho (lol)… ???!!!

4º - “Não é extraordinário que Deus tenha feito o universo?”
NÃO! Achas extraordinário? Eu não. Para quem já “anda por aí” há uns bons aninhos… Teve tempo e mais que tempo. Vê lá se Ele deixa alguém viver tanto tempo? É o deixas… Ainda fazem um
melhor e depois? É o caralho… Já sem o chatear muito às vezes é cada tempestade…

5º - “Temos mil críticas à forma como o mundo funciona.”
Ó João queres fazer parte do nosso blog? É que dizes cada parvoíce… Estás satisfeito com o mundo que tens? Achas bonito? Já nem a porra do Verão temos em condições…

6º - “Nós somos os que conseguiram convite para participar neste momento e neste cantinho da Criação.”
Fala por ti, porque o meu convite ainda não chegou. Merda dos CTT!!! Há Guestlist? Adalberto Parvo.

7º - “Deus criou a liberdade da forma mais radical, recuando para deixar outros fazer.”
Mais parece que Ele é, tipo, os putos mais pequenos dos gangs que vão a frente a atirar pedras e a bater em tudo e todos e quando vê que está a dar para o torto põem-se no… Isso chama-se cobardia!

8º - “Como existe mal no mundo, que nós fizemos, então não pode existir um Deus bom, que nos fez a nós. Eu estraguei e por isso Ele não existe! Não é espantoso o raciocínio?”
E eu é que fui para os copos ontem? João…fuma menos disso.

9º - “Talvez o mais ridículo seja nós orgulharmos daquilo que Deus fez através de nós… «que grande artista!», «que genial autor!», «que excelente artigo!», sem percebermos que o verdadeiro Artista e Autor é aquele que merece palmas cada vez que passa uma mosca.”
Eu passo-me com este João. Meu amigo, agora ele é o Maior? Ele é que faz tudo? Os prémios são todos dele? Isso é que era bom. Se quer tem de fazer por merecer. Eu sou um grande artista, estou a escrever este excelente artigo e agora o mérito é d´Ele? Queria ver isso…!!!
Só falta dizeres que o Castelo Branco é homem...

10º - “Se Deus nos visitasse, o mais certo era Ele acabar morto da forma mais cruel que se conseguisse encontrar.”
Decide-te! É o grande artista, e ia acabar morto? Continuo a dizer que Ele aprontou alguma. Fazem chantagem, ia acabar morto… Fez e das grandes…

11º - “Tem de se ser especial para se aceitar ser Deus.”
Chamaram? Eu aceito. Sinto-me com capacidades para isso. Aliás, vou começar a tratar da minha candidatura… Quantas assinaturas preciso? Alguém sabe?

Amigo João, podíamos passar o resto da vida a argumentar e a contra-argumentar a opinião um do outro. A verdade é que a minha é a correcta.
Tanto que, LANÇO AQUI O DESAFIO: TROQUEMOS DE VIDA
(uma dúvida: A “vida” dele é considerado vida?)??
Eu passo a ser Ele e Ele passa a ser “mim”.
Assim, fácil fácil. Sem pensar. Já!!!

Será assim tão dificíl ser Deus? Por exemplo, o fim-de-semana está a porta. Era gajo de dar um pulo a NY. Às tantas, em caminho dava um saltinho ali no Rio só para ganhar uma cor. Não?
Levava uma miúda comigo e ai dela que pensasse (ler os pensamentos deve ser qualquer coisa) sequer em não aceitar… a terra onde vive, leva com um tsunami. Se calhar não levava, no Rio escolhia uma…ou melhor, uma camioneta delas!

“Deve ser Horrível ser Deus”… lolol (Piada do ano)

Horríveis são as coisas que ele cria.
Este nosso amigo João nunca ouviu falar de uma Pinipon.
De certeza que não…

quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Exclusivo!!!

Imagens exclusivas da PSP, a tentar apanhar os membros da Gang que, na passada madrugada de terça-feira, provocaram terror em Alhos Vedros...




Porque há assuntos que têm de ser tratados de maneira séria...!!!

Quem diz a verdade não merece... castigo?



Ora aqui está um programa verdadeiramente genial! Apresentado pela genial (e bela) Teresa Guilherme, onde participam, seguramente, exemplares da espécie humana dotados dum discernimento, cultura e intelecto estupidamente acima da média.

Em que consiste este programa?

Em dizer a verdade! Diz-se a verdade 21 vezes... pimba! Ganha-se 250 000 euros! Que belo pé de meia!!

Este programa deixa qualquer ser humano orgulhoso! Repare-se que são colocados em confronto valores muitissimo importantes!!

Dum lado temos o decoro, a privacidade, a confiança, a humildade, a fidelidade, a lealdade,...

Do outro... 250 000 euros!!

Qual escolher??? É que não há respostas certas. Veja-se o exemplo da apresentação: OK!O rapaz traiu a rapariga, podemos partir desse princípio! Se ele o admite, às tantas fica sem ela. Mas ganha 250 000 euros! Diz a verdade... e não só não merece castigo (pois às tantas o castigo era ela ficar com ele em vez de o deixar...) como recebe um prémio chorudo! Se ele eventualmente mente... perde os 250 000 euros e ela deixa-o ficar por isso!!

Rejubilemos!
Assim de repente, parece que este espectáculo televisivo trará ao de cima aquilo que de mais podre os "tugas" têm lá dentro!!

O blog estará atento no sentido de recrutar os parvos que lá vão! Aposto que irão produzir belíssimas pérolas.
Show must go on!

terça-feira, 23 de setembro de 2008

Goodbye Summer, welcome back fast-food...


É oficial, estamos no Outono...
(minuto de silêncio)

Conseguem notar a sensação de alívio que paira no ar??

Finalmente, acabou aquela palhaçada dos milhares de portugueses que passaram, os últimos meses em sofrimento, nos passadiços junto às praias, nos ginásios, a alimentarem-se de pescadinha cozida com verdinhos...

É tudo muito bonito. Ir para a praia mostrar os corpos esculturais, definidos,...cheios de peles descaídas, cheios de celulite. Raios vos...
Agora volta a rotina. Mamar cerveja todos os dias, encher o bandulho a todas e mais algumas refeições que dia permita, e depois alapar o cagueiro no sofá.

Os 9 meses por que tanto rezaram estão aí.
Que Deus vos ajude!!!





Esta mensagem teve o mais alto patrocínio de:
Gordo Como Um Chibo - Ração para porcos S.A


"Gordo como um chibo, a comida que desperta o animal que há em ti"

segunda-feira, 22 de setembro de 2008

Licenciado? Onde?


Ora viva
Estou certo que já aconteceu a todos, a consulta de café?!?!
Haverá algum sítio onde encontrar tantos Doutores, Engenheiros, Arquitectos… como nos cafés? Há sempre, mas SEMPRE mesmo alguém que percebe do assunto.

O médico: dói-te o quê? O braço? É uma tendinite! De certeza! Fazes umas massagens, usas a pomada “xpto/874” (e nestes casos temos ao mesmo tempo médico e farmacêutico). Vais ver que passa logo. Se não passar fala comigo que eu digo o que fazer…

O advogado: Faltaste um dia ao trabalho e não te pagaram? Não podem fazer isso. Está na lei. Podes faltar… Fazes o seguinte…



CAROS DOUTORES DE CAFÉ:
Aquilo que vocês frequentam, não é uma universidade é um Café Snack-Bar;
A pessoa que vos manda fazer pouco barulho, não é o professor é o dono da tasca;
O que fazem a tarde toda, não são trabalhos de grupo é jogar à sueca;
E normalmente a Queima dura uma semana, e não meses a fio como vocês fazem.


Tenho dito!!!!!

sexta-feira, 19 de setembro de 2008

Copy Paste #2



"O meu peito é pequenino mas bonito" by Benedita Pereira

Nós concordamos...